Projeto Social: Anjinhos da Miss

Projeto Social: Anjinhos da Miss

PROJETO ANJINHOS DA MISS é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, fundada na cidade de São Paulo no dia 13 de novembro de 2010, com expedição ao Piaui nos dias 20 a 28 de fevereiro de 2011. Conforme o estatuto social, o projeto atendeu as crianças da região nordeste do País em situação de miséria, trabalhando a cidadania, solidariedade, resgate da auto-estima, investindo no crescimento saudável e feliz dessa geração desprivilegiada.

Para a viabilização do projeto pesquisamos e estudamos com muita atenção a região que atenderíamos.  Foi revelado em pesquisa da Fundação Getulio Vargas que o nordeste é a região mais miserável do País, sendo o sul a região com menos incidência. Como mostra abaixo:

As cidades com mais miseráveis:
Centro do Guilherme (MA) 95,32%
Jordão (AC) 94,56%
Belágua (MA) 93,75%
Pauini (AM) 91,95%
Santo Amaro do Maranhão (MA) 91,37%
Guaribas (PI) 91,16%
Novo Santo Antonio (PI) 91,07%
Matões do Norte (MA) 90,59%
Manari (PE) 90,41%
Milton Brandão (PI) 90,18%

As cidades com menos miseráveis:
Harmonia (RS) 1,16%
Presidente Lucena (RS) 1,52%
Águas de São Pedro (SP) 2,55%
Nova Bassano (RS) 2,86%
Monte Belo do Sul (RS) 2,91%
São José do Hortêncio (RS) 2,91%
Morro Reuter (RS) 2,95%
Parai (RS) 3,00%
Carlos Barbosa (RS) 3,22

A Região Nordeste do Brasil concentra a população que está mais distante de vencer a linha de pobreza. No Sertão do Piauí, vive a Comunidade quilombola Lagoa das Emas.

Vídeo Documentário:

Na idealização do projeto visamos sanar as doenças e desnutrição, mas principalmente incentivá-las com os seus compromissos para o futuro. Levamos no estoque de doações, mensagens de amor, muita paz, esperança, coragem e ensinamentos para um crescimento favorável e saudável delas.

Nosso grupo iniciou o Projeto de tratar da saúde e bem estar de crianças porque acreditamos que com essa iniciativa incentivaríamos a desenvolver auto-estima, credibilidade nas suas capacidades e, principalmente, levar a elas o melhor e mais puro sentimento; amor humano!

                Responder à miséria e deficiência dessa comunidade descendente de quilombolas. Despertar o interesse pela saúde, estudo e o descobrimento da verdadeira infância. O projeto visou fundamentalmente tirar essas crianças do esquecimento e mostrá-las que são essenciais no desenvolvimento da sociedade, criando oportunidades para o crescimento pessoal, valorização da identidade, cidadania e auto-estima, ajudando também na identificação de suas potencialidades. O nosso compromisso é com  o fortalecimento dessas crianças, através  de teatros educativos e consultas médicas. O Projeto atendeu principalmente as crianças, mas buscamos a participação da família na infância, tornando-a assim, sujeitos ativos na formação delas.

Numa comunidade carente de recursos, e sem políticas públicas que favoreçam nossas crianças e adolescentes; faz-se necessário à implantação de projetos sociais. A falta de saneamento básico, água potável e miséria dessa região foram os principais motivos da realização do nosso Projeto. Desta forma pretendemos levar recursos básicos para sanar essas dificuldades sofridas diariamente por estes pequenos seres humanos, que não conheceram a infância como melhor fase da vida.

 Durante a expedição foram atendidas 450 crianças na Comunidade Lagoa das Emas.   Os médicos examinaram e medicaram as crianças, realizamos brincadeiras educativas com o intuito de auxiliá-las no bem-estar diário e promover alegria e descontração a esse grupo. Todo projeto foi baseado em teorias construtivas, onde as crianças aprenderam a partir do nosso grupo voluntário que são extremamente importantes na nossa sociedade, que devem esforçar-se nos estudos e acreditar nos sonhos. Buscamos a melhoria na qualidade de vida dessas crianças, levando até elas muito mais que recursos físicos, mas principalmente sentimentos de pura felicidade. Encenamos textos divertidos, interagimos com as crianças facilitando a compreensão dos assuntos e despertando o interesse na criançada. Paralelamente as consultas medicas e teatros, essas crianças receberam doações diversas, como latas de leite em pó, brinquedos, cadernos, lápis de cor, chinelos, entre outros.

Realizamos o Projeto Anjinhos da Miss desenvolvendo atendimento pediátrico e odontológico, brincadeiras educativas e aulas de higiene bucal e primaria com arte-educadores. Para que a expedição acontecesse recebemos doações de Laboratórios de medicamentos, de amigos queridos que se sensibilizaram com a iniciativa.

“Transportai um punhado de terra todos os dias e tereis uma montanha” ( Confúcio)

O projeto só se fez possível por causa das inúmeras doações recebidas e da solidariedade e participação dos voluntários:

Pediatras: Dr. Renato e Dra. Denise

Dentistas: Dra. Carla e Dra. Gimena

Cineasta e fotografa: Dani

Arte Educadores e assistentes: Lorenzo, Edu e Paula

Minha eterna gratidão a todos que de alguma maneira fizeram parte do Anjinhos da Miss. Levo no coração a experiência e lembranças dos dias vividos com aquelas crianças, um verdadeiro privilegio de Deus.


Uma resposta a Projeto Social: Anjinhos da Miss

  1. HERMES ZIMMER diz:

    oiii. quando vi esse documentario no facebook nao acreditei que fosse vc paula, achei o maximo desejo muita força e sorte nesse projeta ,isso só prova que quando as coisas sao feitas da maneira correta dao certo, serve de liçao aos nossos governantes . um beijo …

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s